Dor na lombar 

Glossário da dor na lombar

Acupuntura

Um tratamento baseado na Medicina Tradicional Chinesa, um sistema de cura que remonta há milhares de anos. Agulhas finas são inseridas na pele do paciente durante cerca de 15 a 60 minutos. A acupuntura pode produzir efeitos complexos no cérebro e do corpo e pode ser útil para a dor nas costas.

AINEs

Anti-inflamatórios não-esteroides (AINEs) são o tipo de medicação mais comumente utilizado para dor nas costas. Funcionam bloqueando uma substância chamada prostaglandina. As prostaglandinas dilatam os vasos sanguíneos (levando ao aumento do fluxo sanguíneo) e causam inflamação, o que pode causar dor. Existem AINEs que são vendidos apenas sob prescrição. As versões que exigem prescrição são geralmente mais fortes e duram mais. Exemplos de AINEs incluem ibuprofeno, naproxeno, tolmetina e muitos outros. Os efeitos colaterais incluem úlceras estomacais, hemorragia, pressão arterial elevada e possíveis danos nos rins. Sempre consulte o seu médico antes de usar qualquer medicação.

Artrite

Uma doença que envolve inflamação de uma ou mais articulações ("artr-" refere-se às articulações e "-ite" à inflamação). Inflamação das articulações é a reação do organismo a vários processos de doença. A osteoartrite é o tipo mais comum de artrite nos Estados Unidos. Esta artrite muitas vezes resulta de anos de acúmulo de "desgaste" nas articulações e tende a ocorrer em pessoas idosas nos quadris, joelhos e articulações dos dedos. A artrite reumatoide envolve um ataque contra o corpo de suas próprias células do sistema imunológico (é uma doença autoimune).

Cartilagem

Tecido do disco vertebral que ajuda amortecer e proteger as vértebras, permitindo que sua coluna vertebral se movimente com mais liberdade. (Cartilagem também é o tecido mole, semelhante à borracha, que compõe o nariz e as orelhas). Veja também Disco.

Coluna vertebral

Uma coluna de ossos pequenos, chamados vértebras, que correm ao longo do centro de suas costas. As vértebras sustentam seu tronco e protegem a medula espinhal.

Degeneração

Quando uma parte do corpo (como o osso) enfraquece e se deteriora.

Disco

Placa achatada entre cada vértebra que a amortece. O disco tem uma camada externa composta parcialmente de cartilagem. O centro do disco possui uma substância gelatinosa, denominado núcleo pulposo, que atua como uma bola de borracha para proporcionar amortecimento durante a compressão. Cada disco é como um amortecedor de choque durante a atividade física, como caminhar, saltar ou levantar, e permite que a coluna se estenda e flexione.

Disco rompido

Um disco que realmente se rompe, liberando o núcleo pulposo gelatinoso para dentro do canal espinhal.

Dor ciática

Dor que percorre o lado de fora de sua perna e muitas vezes acompanha a dor lombar. O nervo ciático é um nervo grande que percorre o quadril enviando ramificações até seus pés. Se o nervo ciático fica preso ou inflama em qualquer lugar ao longo deste percurso, você pode sentir dor.

Dor lombar aguda

"Aguda" significa que a dor nas costas dura menos de um mês. A maioria dos casos desaparece em até uma semana, mesmo sem assistência médica. No entanto, a recorrência da dor após um primeiro ataque é comum. (Compare aguda com Dor lombar crônica.)

Dor lombar crônica

"Crônica" significa que a dor nas costas persiste por mais de 3 meses. É de longo prazo ou contínua. Um número muito pequeno de pessoas apresenta dor lombar crônica após um episódio inicial de dor. (Compare com Dor lombar aguda).

Dor nas costas recorrente

Ter episódios de dor nas costas mais que uma vez. Não é o mesmo que dor contínua, crônica ou de longa duração.

Espasmo muscular

Quando um músculo muito tenso permanece contraído.

Estenose espinhal

Estreitamento do canal espinhal, que pode causar dor ao empurrar os nervos espinhais.

Esteroide

Um medicamento anti-inflamatório potente que pode ser injetado na área da dor, usado especialmente se sua dor nas costas persistir por mais que um mês. Os esteroides reduzem a inflamação e a dor.

Estudos da condução nervosa

Uma maneira de estudar a atividade e a função de seus nervos. Eletrodos são colocados sobre a pele e você recebe pequenos choques elétricos. Com esses choques, a velocidade com a qual os nervos conduzem o sinal é medida.

Extrusão

Quando uma grande quantidade de material de disco resulta em hérnia no canal espinal.

Fisioterapeuta

Um profissional de saúde que se especializa em ajudar as pessoas a se recuperar de lesões e doenças. Seu foco é ajudar as pessoas a recuperar o movimento, cuidar de si mesmas e se desempenhar bem no trabalho ou em casa.

Formação de hérnia

Quando a substância gelatinosa (núcleo pulposo) dentro de um disco vertebral se protrai (prolonga) para fora. Isso geralmente ocorre porque o disco tornou-se muito fino e fraco. Existem diferentes graus de hérnia. Muitas pessoas têm uma ligeira protuberância que não causa dor. Outros têm uma grande protuberância (denominada extrusão) ou uma ruptura real do disco, o que pode causar dor.

Inibidores da COX-2

Medicamentos que reduzem a inflamação e a dor. Eles são mais seguros para o seu estômago e oferecem menos efeitos colaterais do que os AINEs. No entanto, estes medicamentos podem aumentar o risco de ataque cardíaco e de derrame (acidente vascular cerebral). Um exemplo de um inibidor da COX-2 é o celecoxibe.

Ligamento

Os tecidos que conectam ossos e os mantêm unidos.

Manipulação da coluna vertebral

O processo de mover manualmente as vértebras (ossos da coluna vertebral). Realizada por um terapeuta, quiroprático ou osteopata.

Massagem

Uma terapia com as mãos em que os músculos e outros tecidos moles do corpo são manipulados para melhorar a saúde e o bem-estar. Há quase 100 técnicas de massagens e de trabalho corporal diferentes. Elas variam de batidas e massagens suaves a técnicas manuais mais profundas. 

Medula espinhal

O feixe de nervos que atravessa a coluna vertebral. Os nervos da medula espinhal conectam seu cérebro a todos os órgãos e tecidos do corpo.

Narcóticos

Tipo de analgésico reservado para a dor grave e não beneficiada por outros tipos de analgésicos. Os narcóticos funcionam bloqueando a sensação de dor. Estes medicamentos podem fazer você se sentir sonolento e apresentam o potencial de abuso e vício. Exemplos incluem codeína, meperidina, morfina, oxicodona e tramadol.

Neurologista

Um médico que se especializa em distúrbios e doenças dos nervos, incluindo os nervos que formam a medula espinhal.

Ortopedista

Um médico especializado no tratamento de ossos, problemas articulares, musculares e dos nervos. Eles são treinados para usar intervenções não cirúrgicas e, quando necessário, intervenções cirúrgicas para o tratamento de lesões e distúrbios da coluna vertebral, dos braços e das pernas. Muitos ortopedistas recebem treinamento adicional de alto nível para se subespecializar em áreas como cirurgia da coluna vertebral, medicina esportiva, cirurgia da mão e reconstrução da articulação.

Osteopata

Um profissional de saúde que se especializa em doenças afetadas pelos músculos, ossos e tecidos moles, como cartilagem, tendões e ligamentos. Nos Estados Unidos, osteopatas recebem a mesma formação médica de base que outras especialidades médicas. No Brasil, a osteopatia ainda encontra-se em processo de regulamentação. Osteopatas também praticam ajustes manuais dos músculos, ossos e ligamentos.  

Osteoporose

Desgaste de tecido ósseo e perda da densidade óssea ao longo do tempo. Durante a juventude, o corpo usa o cálcio e o fosfato para a produção óssea e o aumento da massa óssea. Após os 20 anos, aproximadamente, as pessoas começam lentamente a perder massa óssea. Esta perda de massa óssea pode ser acelerada, em certas situações, tais como a menopausa ou a utilização de esteroides, e os ossos podem ficar significativamente mais fracos e sujeitos a fraturas, mesmo na ausência de trauma. Ossos enfraquecidos também podem resultar de uma dieta inadequada ou de certas doenças.

Quiroprático

É um profissional de saúde que diagnostica doenças dos nervos, músculos, ossos e articulações do corpo. A manipulação da coluna é a técnica mais comum usada por quiropráticos. Quiropráticos estão licenciados em todos os 50 estados norte-americanos.

Relaxante muscular

Medicamento usado para tratar espasmos musculares (tensão em seus músculos). Os relaxantes musculares, na verdade, não agem nos músculos. Agem informando seu cérebro para relaxar os músculos. Estes medicamentos podem fazer você se sentir sonolento e apresentam o potencial de abuso e vício.

Ressonância magnética

Procedimento não invasivo que utiliza poderosos ímãs e ondas de rádio para a construção de fotos do corpo com base no seu teor de água.

Síndrome da cauda equina

A cauda equina é formada pelas fibras nervosas na parte mais baixa da coluna vertebral. Estas fibras são, por vezes, denominadas como "a cauda" da medula espinhal. Na síndrome da cauda equina, essas fibras tornam-se comprimidas, frequentemente por uma grande hérnia de disco. Você pode perder o controle da bexiga e da função intestinal. Também pode sentir dor entorpecente, fraqueza ou dormência nos glúteos, área genital e coxas.

Tomografia computadorizada

Um método de imagem de corpo em que o feixe de raios-X gira ao seu redor. Pequenos detectores medem a quantidade de raios-X, fazendo isso através da área de interesse do corpo. Estas imagens podem ser armazenadas, visualizadas em um monitor ou impressas em filme. Além disso, modelos tridimensionais de órgãos podem ser criados através do empilhamento das imagens individuais ou "fatias".

Vértebra

Cada segmento de osso da coluna vertebral.

Vértebras lombares

As 5 vértebras na região lombar.
Certificado

Data de revisão: 6/29/2011

Revisão feita por: Andrew W. Piasecki, MD, Camden Bone and Joint, LLC, Orthopaedic Surgery/Sports Medicine, Camden, SC. Review provided by VeriMed Healthcare Network. Also reviewed by David Zieve, MD, MHA, Medical Director, A.D.A.M., Inc.

As informações aqui fornecidas não poderão ser usadas durante nenhuma emergência médica, nem para o diagnóstico ou tratamento de doenças. Um médico licenciado deverá ser consultado para o diagnóstico ou tratamento de todas as doenças. Ligue para 192 em caso de emergências médicas. Os links para outros sites são fornecidos apenas a título de informação e não constituem um endosso a eles. 1997- A.D.A.M., Inc. A reprodução ou distribuição das informações aqui contidas é estritamente proibida.

CNPJ 29.309.127/0001-79
Copyright © 2007-2014, Amil Assistência Médica Internacional S/A. Todos os direitos reservados.