Gravidez que requer cuidados especiais

Gestação múltipla

Gestação Múltipla

Sob condições naturais, sua chance de ter uma gestação com mais de um bebê é relativamente baixa (uma chance de aproximadamente 1,5%). No entanto, o número de nascimentos múltiplos aumentou drasticamente nos últimos 15 anos. Existem duas razões específicas que contribuem para esse aumento. A primeira é o uso de drogas para fertilidade e fertilização in vitro. A segunda é o aumento do número de gravidezes em mulheres mais velhas, que têm maior probabilidade de gestações de múltiplos.

De acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CCD), à medida que a tecnologia se tornou mais refinada, o número de trigêmeos, quadrigêmeos e outros nascimentos múltiplos caiu pela primeira vez em mais de 10 anos em 1999. No entanto, o número de gêmeos continua a aumentar.

Gêmeos Fraternos ou Idênticos

Existem dois tipos de gêmeos - fraternos e idênticos. Os gêmeos fraternos são mais comuns, pois cada um dos bebês se desenvolve a partir de um óvulo e espermatozoide separados. Geralmente, os ovários liberam um óvulo por mês, mas às vezes, mais de um óvulo é liberado e fertilizado. Os gêmeos fraternos terão placentas e bolsas amnióticas individuais. Como cada um tem um óvulo diferente e um espermatozoide diferente, é como se fossem irmãos que nascem ao mesmo tempo.

Gêmeos idênticos provêm de um óvulo fertilizado que se divide logo no início da gestação e se desenvolve em mais de um feto. Gêmeos idênticos irão compartilhar o mesmo material genético, mas dependendo de quão cedo após a fertilização eles se dividem, eles também podem compartilhar a mesma placenta, membranas ou bolsa. Muito raramente, o embrião pode se dividir tardiamente e resultar em gêmeos siameses. Como os gêmeos compartilham o mesmo material genético, eles têm a mesma cor de cabelo, cor dos olhos, sexo ou tipo sanguíneo.

Como posso saber se tenho uma gestação múltipla?

Hoje em dia, a maioria das gestações múltiplas é descoberta muito antes do parto. Alguns sinais e sintomas que podem fazer com que você e seu médico suspeitem incluem:

  • Histórico familiar de gêmeos fraternos
  • Útero maior que o esperado
  • Uso de drogas para fertilidade
  • Náusea e vômitos extremos no início da gravidez (devido aos maiores níveis de hormônios da gravidez)
  • Mais de um batimento cardíaco.

Geralmente, se essa hipótese for suspeita, um ultrassom será feito para confirmá-la.

O que posso esperar?

Ter mais de um bebê coloca você sob um risco maior de desenvolver problemas durante a gravidez, quando comparado à uma gestação de um único bebê. Todas as gestações múltiplas são consideradas de alto risco ("cuidados especiais") e serão tratadas como qualquer outra gravidez de alto risco.

Você pode esperar ver seu médico com mais frequência do que se estivesse carregando apenas um bebê. Mais ultrassons serão realizados, a fim de certificar-se de que há espaço suficiente para os bebês e que eles estão crescendo à mesma taxa durante toda a gestação.

Você está sob maior risco de complicações maternas e fetais, então será monitorada mais de perto.

A gestação de múltiplos faz com que você se sinta mais desconfortável, pois você vai ganhar mais peso do que com apenas um bebê. Seu útero ficará muito maior, e isso pode colocar mais pressão sobre os outros órgãos mais cedo do que em uma gestação de bebê único.

Você pode apresentar sintomas mais cedo e mais intensamente. Alguns desses sintomas incluem:

  • Constipação
  • Falta de ar
  • Azia
  • Problemas urinários
  • Dor nas costas
  • Hemorróidas
  • Dor pélvica

À medida que a gravidez progride, o desconforto físico pode impedi-la de continuar a trabalhar até quando você tinha planejado. Em casos mais extremos, pode exigir até hospitalização por várias semanas antes que você esteja pronta para dar à luz. Contudo, algumas mulheres não apresentam mais problemas do que em uma gestação normal.

Quais são os riscos?

Gestações múltiplas colocam maior estresse sobre seu corpo e útero. Dois ou mais bebês significam uma placenta maior e maiores níveis de hormônios em circulação. Essas mudanças podem levar a mais complicações durante a gravidez.

Com uma gestação múltipla, você está sob maior risco de desenvolver qualquer um dos seguintes problemas:

Alguns dos riscos aumentados para o bebê incluem:

  • Parto prematuro
  • Crescimento retardado do bebê
  • Peso de nascimento baixo ou tamanhos diferentes
  • Defeitos congênitos ou morte de um ou mais bebês

Se você estiver esperando três ou mais bebês, você pode desejar falar com seu médico sobre redução seletiva. Carregar trigêmeos ou mais coloca você sob alto risco de aborto ou parto extremamente antecipado, com problemas de saúde em longo prazo para todos os bebês. Algumas mulheres decidem abortar uma ou mais das gestações para reduzir o risco de parto muito antecipado para todos os três ou quatro. Essa é uma decisão muito difícil de ser tomada, e você deve discutir os riscos e benefícios em detalhes com seu médico e com seu (sua) parceiro (a).

Como posso cuidar dos bebês e de mim mesma?

Muitas mulheres que esperam múltiplos bebês experimentam os típicos desconfortos da gestação, mas esses desconfortos podem ser mais intensificados. Assim como qualquer gestação, comer direito, descansar o suficiente e ir às consultas marcadas com o médico são a melhor maneira de cuidar de si mesma e dos bebês.

Seguir as diretrizes nutricionais recomendadas será útil. Seu médico lhe fará recomendações adicionais quanto à vitaminas e minerais, e provavelmente uma ingestão mais calórica quando você carrega mais de um bebê.

Você terá que descansar e dormir o suficiente. Exercícios físicos devem ser discutidos com seu médico. As recomendações quanto à prática de exercícios provavelmente mudarão à medida que se aproxima do parto.

Certifique-se de estar nutrindo suas emoções durante esse tempo. Seu (sua) parceiro (a) pode ajudá-la fazendo uma boa massagem ou ajudando você a sair da banheira depois de um banho quente.

Tente aliviar o estresse emocional que você pode estar sentindo, especialmente à medida que a data do parto se aproxima e você se prepara para ele e para cuidar de mais de um bebê. Converse com um profissional da saúde se estiver com níveis extremos de ansiedade.

O que posso esperar durante o trabalho de parto e parto?

Com mais de um bebê a ser parido, as chances de cesariana são maiores. A decisão geralmente se baseia na posição dos bebês. Se os bebês estiverem com a cabeça posicionada, há uma chance maior de parto vaginal. Alguns médicos se sentem mais confortáveis do que outros para fazer o parto vaginal de gêmeos, especialmente se o primeiro bebê estiver com a cabeça posicionada e o outro em posição invertida (com os pés na frente). Outros vão tentar uma série de manobras para virar o bebê para a posição de cabeça para frente no útero, assim ambos podem ser paridos normalmente. Se o primeiro bebê estiver com os pés na frente, será necessária uma cesariana.

Se o primeiro bebê estiver com a cabeça para baixo, tenha em mente que há uma chance de parto vaginal, e o segundo precisará de uma cesariana. Isso é mais provável se o segundo bebê estiver posicionado com os pés para frente ou se ele for maior que o primeiro. Converse com seu médico sobre o risco dessa "experiência obstétrica total". Algumas mães podem preferir uma cesariana e pular o trabalho de parto, enquanto outras querem tentar um parto vaginal. Não há uma resposta correta – depende do que parece mais confortável para você e para seu (sua) parceiro (a).

Você desejará discutir todas essas possibilidades com seu médico, a fim de entender os diversos cenários que podem ocorrer no dia do parto. Reconheça que, apesar de todas as discussões e planejamento anteriores ao evento real, ainda existe uma chance de que os planos possam mudar nesse dia especial!

Certificado

Data de revisão: 12/9/2012

Revisão feita por: Irina Burd, MD, PhD, Maternal Fetal Medicine, Johns Hopkins University, Baltimore, MD. Review provided by VeriMed Healthcare Network.

As informações aqui fornecidas não poderão ser usadas durante nenhuma emergência médica, nem para o diagnóstico ou tratamento de doenças. Um médico licenciado deverá ser consultado para o diagnóstico ou tratamento de todas as doenças. Ligue para 192 em caso de emergências médicas. Os links para outros sites são fornecidos apenas a título de informação e não constituem um endosso a eles. 1997- A.D.A.M., Inc. A reprodução ou distribuição das informações aqui contidas é estritamente proibida.

CNPJ 29.309.127/0001-79
Copyright © 2007-2014, Amil Assistência Médica Internacional S/A. Todos os direitos reservados.